Principais erros no tratamento

Principais erros no tratamento

Principais erros no tratamento

O tratamento adequado de feridas crônicas exige o atendimento realizado por um profissional especializado.

O tratamento incorreto pode prejudicar consideravelmente a ferida, contribuindo decisivamente para uma possível amputação.
Abaixo seguem alguns dos principais erros cometidos no tratamento de feridas crônicas:

1 – Automedicação e consulta a profissional não especializado

Nunca inicie um tratamento sem antes consultar o enfermeiro estomaterapeuta. Cuidado!

Devido ao desconhecimento das técnicas, pesquisas e produtos atualizados, alguns profissionais continuam receitando produtos, principalmente pomadas, que há muito não são mais utilizados no tratamento de feridas.

Nunca use medicamentos por conta própria, pois isso pode piorar a situação da ferida e comprometer a cicatrização.

2 – Uso de Chás, ervas e outros produtos da “cultura popular”

Nunca utilize chás, ervas, soluções milagrosas na ferida, pois essas substâncias podem causar problemas ainda maiores. Apesar de serem vastamente utilizados pelo senso comum, não arrisque. Procure um atendimento especializado.

3 – Lavar com água e sabão

Apesar de ser indicado por quase todos os profissionais da saúde, o uso de água e sabão para lavar a ferida é CONTRAINDICADO. Isso por que a água da torneira contém cloro e os sabões contém inúmeros produtos químicos que podem agravar o quadro e atrapalhar o processo de cicatrização.

O modo correto de limpeza de TODAS as feridas é com soro fisiológico em jato, aquecido a temperatura corporal.

4 – Não comer alimentos “rançosos”

Não existe alimento rançoso. Isso é mito!

Na maioria dos tratamentos, o paciente não deve consumir GORDURAS, de nenhuma espécie. Uma dieta rica em proteínas é fundamental para a cicatrização da ferida.

5 – Uso das mais variadas pomadas que se encontra nas farmácias

Muito utilizadas, mas pouco ou nada recomendadas, o uso das mais variadas pomadas são amplamente difundidos e, na maioria dos casos, são contraindicadas para o tratamento de feridas.

Se você tem uma ferida crônica e está utilizando SULFADIAZINA DE PRATA, COLAGENASE, ÓLEO DE GIRASSOL, DERSANI, IRUXOL, RIFOCINA e várias outras, PROVAVELMENTE seu tratamento está incorreto.

Mesmo que algum profissional da saúde tenha feito tal indicação, é necessário realizar uma avaliação com o enfermeiro especialista em tratamento de feridas para iniciar o tratamento correto.

6 – Risco de amputação

Não é raro casos de amputação de membros, principalmente membros inferiores, de forma precipitada e irresponsável.

É claro que em algumas situações a amputação é inevitável, mas na maioria dos casos, se tratadas a tempo e CORRETAMENTE, as feridas podem ser revertidas e curadas.

Dados informais dizem que até 80 a 90% dos casos de amputação seriam evitadas se o tratamento correto fosse realizado.

Na CLÍNICA CURATIVOS, já atendemos inúmeros pacientes, indicados para amputação, MAS QUE iniciaram o tratamento adequado conosco e alcançaram a cura de suas lesões.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *